||
Fernadndo Guedes (dir.)
Tempo Presente (1959)
Publica 27 números, entre 1959 e 1961.

Revista cultural portuguesa, onde alguns colaboradores assumem o fascismo teórico. No plano da teoria política, destacam-se os artigos de António José de Brito e de Florentino Goulart Nogueira, ambos marcados pela perspectiva neo-hegeliana de G. Gentile.
© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência: Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info). Última revisão em: