Herzl, Theodor  (1860-1904)

 

Judeu húngaro, de cultura alemã . Estuda direito em Viena, cidade onde se torna advogado. Fundador do sionismo, a partir de 1897. Correspondente em Paris do jornal austríaco Neue Freie Presse durante o caso Dreyfus. Depois do Congresso de Basileia de 1897, é criado Congresso Mundial Sionista, a que Herzl preside. Influencia a declaração Balfour de 1917.

 

 

·Der Judenstaat. Versuch einer modernen Lösung der Jüdischen Frage

Viena-Leipzig, 1896. Cfr. trad. fr., Paris, Éditions L'Herne, 1969).


© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência: Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info). Última revisão em: