Kropotkine, Piotr (1842-1920)

 

Político russo. Exila-se na Suíça em 1872. Regressado à Rússia em 1874, é preso, mas evade-se em 1876, passado ao exílio. Chega a estar preso em França de 1882 a 1886. Regressa à Rússia em 1917, insurgindo-se contra o leninismo, acusando-o de enterrar a revolução. Assume um anarquismo comunalista, mutualista e solidarista. Defende uma sociedade baseada na lei da solidariedade e da ajuda mútua, ou entreajuda, porque o homem tem predisposição natural para ela. Adopta o comunalismo, defendendo a comuna como proprietária de todos os meios de produção. Considera que a política deve ser norteada por ideias morais, por aquilo que qualifica como o progresso moral da nossa raça.

 

·Memórias de um Revolucionário

1889.

 

·A Conquista do Pão

1892 cfr. trad. port. de António Dias Gomes, Lisboa, Edições Delfos, 1975.

 

·Agricultura, Fábrica e Oficina

1899.

 

·Ajuda Mútua no Mundo Humano e Animal

1902

 


© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência: Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info). Última revisão em: