Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004


1844

 

FEVEREIRO DE 1844

4

Revolta de Torres Novas

Começa a revolta de Torres Novas. Pronunciamento organizado por César Vasconcelos, José Lúcio Travassos Valdez e o conde de Bonfim. Passos Manuel chamou ao golpe a bombochata

6

Suspensas as garantias constitucionais

Por lei de 6 de Fevereiro de 1844 são suspensas as garantias constitucionais por 20 dias.

 

 

Em 7 de Fevereiro de 1844, as Cortes são adiadas por 13 dias até 20 de Fevereiro de 1844

 

Por lei de 22 de Fevereiro é prorrogada a suspensão das garantias até 31 de Maio.

 

Em 23 de Fevereiro de 1844, as Cortes aão adiadas  por 46 dias até 22 de Abril de 1844. Em 15 de Abril de 1844, as Cortes são adiadas por 31 dias até 23 de Maio de 1844.

 

 

MARÇO DE 1844

 

 

 

ABRIL DE 1844

8

Revoltosos ocupam Almeida

Revoltosos apoderam-se da praça de Almeida. Tem o apoio de José Estevão e de vários estudantes miguelistas de Coimbra, aliciados por Caetano Beirão.

28

Termina a revolta

A revolta de Torres Novas/ Almeida termina em 28 de Abril de 1844.

 

 

MAIO DE 1844

 

Adiamento das Cortes

Em 17 de Maio de 1844, as Cortes são adiadas por 130 dias, até 30 de Setembro de 1844.

 

 

JUNHO DE 1844

 

A. B. Costa Cabral na pasta da justiça

Em 27 de Junho de 1844: António Bernardo da Costa Cabral na justiça, até 3 de Maio de 1845

 

JULHO DE 1844

 

 

 

AGOSTO DE 1844

 

 

 

SETEMBRO DE 1844

 

Bill de indemnidade

Em 30 de Setembro de 1844 as Cortes concedem bil de indemnidade ao governo.

 

OUTUBRO DE 1844

 

Várias câmaras municipais pedem a demissão do governo. São todas demitidas

 

NOVEMBRO DE 1844

 

Volta a debater-se na Câmara dos Pares a questão da proibição das sociedades secretas.

 

DEZEMBRO DE 1844

 

Silva Carvalho e Rodrigo da Fonseca convidam Palmela para chefe da oposição.

 


© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência: Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info). Última revisão em: