Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004


1861

 

ANO DE 1861

Caminhos de ferro do Barreiro a Vendas Novas e do Pinhal Novo a Setúbal.

Exposição Industrial no Porto

Franciscanos compram antigo convento de Varatojo

Negociações no Vaticano para novo acordo para a execução das leis de desamortização.

Guilherme I sobe ao trono na Prússia

Fundado o Observatório Astronómico da Ajuda

Começa a guerra da secessão nos Estados Unidos (1861-1865)

Vítor Emanuel rei de Itália (1861-1872)

Henrique da Gama Barros publica Repertório Administrativo

Carlos Morato Roma publica na Academia das Ciências A Questão da Moeda

 

JANEIRO DE 1861

 

Relatório de Ávila sobre a fazenda

Relatório de António José de Ávila sobre o estado da fazenda pública

13

João Rebelo da Costa Cabral eleito presidente da RACAP

14

Abertura do Curso Superior de Letras

Em 14 de Janeiro de 1861 acontecia a abertura solene do Curso Superior de Letras.

 

FEVEREIRO DE 1861

18

Parecer da Câmara dos Pares sobre a venda de bens das ordens religiosas

 

Temporais

Grandes temporais. Mortandade de gado.

 

MARÇO DE 1861

 

5

A questão das Irmãs da Caridade

Em 5 de Março de 1861 é emitida uma portaria contra a congregação das Irmãs da caridade. Reage na Câmara dos Deputados, D. Rodrigo de Meneses, criticando a pressão da Revolução Francesa, considerada tão funesta quanto as fogueiras da Inquisição.

 

27

Dissolução parlamentar

Em 27 de Março dá-se a dissolução da Câmara dos Deputados, seguindo-se as eleições de 22 de Abril. Maioria de históricos, mas com cerca de meia centena de deputados oposicionistas.

 

 

ABRIL DE 1861

 

10

Comissão para a Exposição de Londres

Nomeada comissão para a organização da participação portuguesa na Exposição Universal de Londres, a realizar em 1862.

 

 

Desamortização dos bens das freiras e das igrejas, com incorporação dos mesmos na fazenda nacional, em Abril de 1861

22

Eleições

Eleições. Oposição regeneradora com quarenta deputados.

 

MAIO DE 1861

17

Fornada de pares

Fornada de 15 pares

20

Reabertura das Cortes

Depois da reabertura das Cortes, em 20 de Maio, o governo emite um decreto de 22 de Junho que dissolve a congregação das Irmãs da Caridade. Contudo, por pressão diplomática francesa, o diploma acaba por não ser aplicado.

 

JUNHO DE 1861

22

Dissolução das Irmãs da Caridade

Dissolução das Irmãs da Caridade

 

JULHO DE 1861

 

Quinta exemplar de agricultura

Governo apresenta na Câmara dos Deputados proposta para a criação de uma quinta exemplar de agricultura.

 

 

AGOSTO DE 1861

20

Banco União

Autorizado o quarto banco português: Banco União.

 

25

Exposição Industrial do Porto

Em 25 de Agosto de 1861, inaugurada a Exposição Industrial do Porto, no Palácio de Cristal.

 

 

Tratado com a China

Tratado de Amizade entre Portugal e a China, negociado por Isidoro Guimarães em Pequim.

 

SETEMBRO DE 1861

 

20

Autorizada a livre importação de cereais.

 

NOVEMBRO DE 1861

 

5

Adiamento das Cortes

Em 5 de Novembro de 1861, a cortes adiadas por 58 dias até 2 de Janeiro de 1862

 

 

11

Morte de D. Pedro V

Nos começos do Outono, o rei visita o Alentejo. Comitiva contrai peste. O infante D. Fernando morre a 6 de Novembro. D. Augusto em perigo de vida. D. Pedro V morre a 11 de Novembro. D. Luís e D. João estavam em Paris. Tinham saído de Portugal em 18 de Setembro. D. Luís regressa a Lisboa no dia 14 de Novembro. D. João acaba  também por morrer em 27 de Dezembro.

 

DEZEMBRO DE 1861

 

22

D. Luís I no trono

Aclamação de D. Luís I.

 

25

Tumultos do Natal

Tumultos no Natal de 1861 nos dias 25 e 26. Acusam-se os lazaristas, os espanhóis e Loulé de envenenamento do rei. Querem incendiar a casa de Loulé. O conde da Ponte chega a ser atacado à saída do paço. Morre na altura Passos Manuel.

 


© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência: Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info). Última revisão em: