Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004

Eleições de 1852 12 de Dezembro

 

 

Realizam-se já depois do Acto Adicional à Carta, de 5 de Julho, e pouco antes da morte de D. Maria II. A dissolução da anterior câmara ocorre em 24 de Julho de 1852 e a nova legislatura entre 2 de Janeiro de 1853 e 19 de Julho de 1856. Nova vitória dos candidatos governamentais que continuam aliados aos setembristas ordeiros. Um novo decreto eleitoral de 30 de Setembro de 1852 fixa o número de deputados em 156, com 48 círculos, situação que vai manter-se durante sete anos. No governo de Saldanha, continua Rodrigo da Fonseca na pasta do reino. Há 35 deputados da oposição. O situacionismo governamental ainda se qualifica como progressista, enquanto a oposição já se diz de conservadores, marcados pelo cabralismo.

 


 
© José Adelino Maltez
Todos os direitos reservados.
Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência:
Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info)
Última revisão em: 09-12-2003