Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004

50ª eleição geral

4ª eleição da I República

163 deputados no total

146 deputados no total do continente 9 nas ilhas; 8 no ultramar

44 deputados em representação das minorias face ao total de 149 deputados eleitos por círculos plurinominais

51 círculos eleitorais no total do país. 39 círculos plurinominais no continente 4 círculos nas ilhas (1 uninominal e 3 plurinominais); 8 círculos eleitorais no ultramar (5 uninominais e 3 plurinominais).

11 de Maio de 1919

Eleição da Câmara dos Deputados

Vitória dos democráticos

Cerca de 500 000 eleitores.

Ratio deputado/ população no continente e ilhas é de 1/ 39 690.

 

Cerca de 300 000 votantes

Democráticos

96 deputados

45 senadores

Evolucionistas

38 deputados

27 senadores

Unionistas

17 deputados

Independentes:

13 deputados

13 senadores

Socialistas

8 deputados. Triplicam a votação e conseguem conquistas as minorias em Lisboa e no Porto, derrotando as candidaturas de evolucionistas e de unionistas.

 

Católicos:

1 deputado (Diogo Pacheco de Amorim eleito pelo círculo da Covilhã)

1 senador (cónego José Duarte Dias de Andrade).

Oliveira Salazar candidata-se por Viana do Castelo, mas desiste em favor do candidato evolucionista, padre Casimiro Rodrigues de Sá[1]

 

 


© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência: Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info). Última revisão em: