Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004

Eleição presidencial de 1928

Depois de instaurada a chamada Ditadura Nacional em 28 de Maio de 1926, eis que, na sequência do decreto de 24 de Fevereiro de 1928, onde se estabeleceu o modelo de eleição presidencial por sufrágio directo, Óscar Fragoso Carmona foi sufragado no dia 25 de Março com 761 730 votos. Obtinham-se bem mais votos que a totalidade dos que exerceram o sufrágio na última eleição parlamentar da I República em 1925 (407 960), ultrapassando-se inclusive os próprios votantes nas eleições de Sidónio Pais, em 1918 (513 958).

Carmona apareceu assim legitimado pelo voto popular, assumindo-se como o segundo presidente da república portuguesa eleito por sufrágio directo, depois de Sidónio Pais.

Estabeleceu-se, do mesmo modo, uma relação directa entre o autoritarismo e o sufrágio universal.

 


© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência: Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info). Última revisão em: