Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004

Eleições presidenciais de 1986 (26 de Janeiro e 16 de Fevereiro)

 

Apresentaram-se quatro principais candidatos. O antigo líder do PS e primeiro-ministro Mário Soares. O antigo ministro da AD e presidente do CDS, Diogo Freitas do Amaral, apoiado pelo PSD e pelo CDS. A antiga primeiro ministro Maria de Lurdes Pintasilgo. E o antigo ministro do PS Salgado Zenha, apoiado pelo novo partido presidencial, o PRD, e pelos comunistas. Na primeira volta o candidato da direita conseguiu 46%, enquanto se jogava o destino dos três candidatos da esquerda. Maria de Lurdes Pintasilgo apenas conseguiu 7,4%, Salgado Zenha ficou pelos 21% e Mário Soares, 25%. Na segunda volta, em 16 de Fevereiro, Mário Soares, liderando aquilo que António Barreto qualificou como o povo de esquerda, conseguiu 51, 18%, contra 48,82% de Freitas do Amaral.


© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência: Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info). Última revisão em: