Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004


Governos do Setembrismo

 

 Governo do Conde de Lumiares, com Passos Manuel, no reino, e Sá da Bandeira, na fazenda e nos estrangeiros (desde 10 de Setembro de 1836, 55 dias)  

Governo falhado do marquês de Valença. O governo da Belenzada.

Governo de Sá da Bandeira, com Passos Manuel, no reino e na fazenda, desde 5 de Novembro de 1836 (208 dias). 

Governo de Dias de Oliveira, acumulando o reino, desde 2 de Junho de 1837 (71 dias). Presidente no reino. Revolta dos Marechais desde 12 de Julho de 1837, com confrontos militares que só terminam em 18 de Setembro.

Governo de Sá da Bandeira desde 10 de Agosto de 1837, com Júlio Gomes da Silva Sanches no reino, onde será substituído em 22 de Março de 1838 por António Fernandes Coelho (617 dias) Revoltas radicais em Maio e Junho de 1838

Governo do barão de Sabrosa desde 18 de Abril de 1839 (o ultimo governo do setembrismo propriamente dito, 223 dias). No reino, Júlio Gomes da Silva Sanches.

Governo de Bonfim desde 26 de Novembro de 1839, com Costa Cabral na justiça. E Rodrigo da Fonseca no reino (161 dias). Era o chamado ministério da transição ou ordeiro. 

Governo de Joaquim António de Aguiar desde Junho de 1841, mantendo-se Costa Cabral (244 dias). Presidente acumula o reino.

 

 

© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência: Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info). Última revisão em: 09-12-2003