Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004

 

Em regime de ditadura, desde 03/03/1832. Assume individualmente a regência, passando a assumir-se como Duque de Bragança, em nome da Rainha. Começa com Palmela, Vila Flor e José António Guerreiro (15-07-1829) e, por ela vão passar Mouzinho da Silveira, Agostinho José Freire, Luís Mouzinho de Albuquerque,  Bernardo Sá Nogueira, José da Silva Carvalho Joaquim António de Magalhães, em 1832, bem como Cândido José Xavier Dias da Silva,  Loulé, Joaquim António de Aguiar, Francisco Simões Margiochi e Bento Pereira do Carmo, em 1833.

 

Governo da regência de D. Pedro em regime de ditadura.

Desde 3 de Março de 1832 até 24 de Setembro de 1834

D. Pedro assume individualmente a regência, passando a assumir-se como Duque de Bragança, em nome da Rainha

·Em 28 de Agosto de 1834, as Cortes confirmam a regência.

·D. Pedro morre em 24 de Setembro de 1834.

 

·Em 15 de Junho de 1829, a partir do Rio de Janeiro, foi nomeada uma regência colectiva para governar a nação, constituída pelo marquês de Palmela, o conde de Vila Flor (futuro duque da Terceira) e José António Guerreiro. Palmela e Guerreiro tinham chegado à ilha Terceira no dia 15 de Março de 1829. Nesse mesmo dia, Vila Flor assumiu o cargo de governador e capitão-geral das ilhas dos Açores. Em 17 de Abril de 1831 partia uma expedição contra as Flores e o Corvo. No dia 31 de Agosto de 1831 conquistava-se a ilha de S. Miguel.

·D. Pedro abdicou de Imperador do Brasil no dia 7 de Abril de 1831. Logo no dia 11 partiu para a Europa, acompanhado por D. Maria da Glória. No dia 4 de Maio tocam no Faial. No dia 12 de Junho chegam a Chermont. Em 12 de Fevereiro de 1832 partiam de Belle isle, rumo à Terceira, na nau Rainha de Portugal. Desembarcaram em Angra no dia 22 de Fevereiro.

·Palmela nos estrangeiros e no reino (interino),

·Mouzinho da Silveira, na fazenda e justiça (interino)

·Agostinho José Freire na guerra e na marinha.

 

Em 29 de Julho de 1832

·Luís Mouzinho de Albuquerque na pasta do reino, em vez de Palmela, e na guerra, em vez de Agostinho José Freire

·Palmela foi enviado a Londres a fim de tentar obter dinheiro, um general e qualquer convénio

Em 25 de Setembro de 1832

·Palmela volta ao reino, em lugar de Luís Mouzinho de Albuquerque

Em 10 de Novembro de 1832:

·Luís Mouzinho de Albuquerque volta ao reino

·Bernardo Sá Nogueira na da marinha.

Em 18 de Novembro de 1832:

·Bernardo Sá Nogueira no reino

·Agostinho José Freire nos estrangeiros, em lugar de Palmela

Em 13 de Dezembro de 1832:

·José da Silva Carvalho assume a fazenda

·Joaquim António de Magalhães a justiça.

Em 12 de Janeiro de 1833:

·Cândido José Xavier Dias da Silva substitui Luís Mouzinho de Albuquerque no reino;

·Loulé substitui Agostinho José Freire nos estrangeiros

Em 26 de Março de 1833:

·Luís Mouzinho de Albuquerque no reino em lugar de Cândido José Xavier

·Palmela nos estrangeiros, em lugar de Loulé

·Silva Carvalho na marinha, em lugar de Sá Nogueira

Em 21 de Abril de 1833:

·Silva Carvalho passa a acumular a fazenda e a justiça, com a saída de J. A. de Magalhães.

·Loulé nos estrangeiros, em lugar de Palmela, e na marinha, em lugar de Silva Carvalho

·Cândido José Xavier volta ao reino, em lugar de Luís Mouzinho de Albuquerque

Em 26 de Julho de 1833:

·Cândido José Xavier nos estrangeiros, em lugar de Loulé

·Agostinho José Freire na marinha em lugar de Loulé

·Loulé deslocou-se a França. A Inglaterra reconhece o governo da regência e nomeia William Russell ministro em Lisboa

Em 15 de Outubro de 1833:

·Joaquim António de Aguiar no reino, por morte de Xavier;

·Agostinho José Freire substitui Xavier nos estrangeiros.

·Francisco Simões Margiochi, ex-presidente das Cortes vintistas, substitui Freire na marinha.

Em 23 de Abril de 1834:

·Joaquim António de Aguiar assume a pasta da justiça, em lugar de Silva Carvalho

·Bento Pereira do Carmo substitui Aguiar no reino

 

 


 
© José Adelino Maltez
Todos os direitos reservados.
Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência:
Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info)
Última revisão em: 11-04-2009