Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004

Ameal, João  (1902-1982)

João Francisco de Azevedo Sande Mexia Ayres de Campos. Segundo conde do Ameal. Pensador português de cepa integralista. Licenciado em direito. Analista do neotomismo conservador, adere ao salazarismo, tendo sido deputado da União Nacional, afirmando-se monárquico. Professor do ISCSPU, onde rege da disciplina de História da Europa. Tem algumas aproximações ao fascismo e ao maurrasianismo, sendo um pensador tipicamente reaccionário e integrista. Foi uma espécie de pensador oficioso do regime salazarista.

 

·As Directrizes da Nova Geração

1925

 

·A Contra-Revolução

1928

 

·A Revolução da Ordem

Lisboa, 1932.

 

 

·Falência da Democracia

1933

 

·No Limiar da Idade Nova

1934

 

·Construção do Novo Estado

1938

 

·São Tomás de Aquino. Iniciação ao Estudo da sua Figura e da sua Obra

Com prefácio de Jacques Maritain. S. Tomás de Aquino. Iniciação ao Estudo da sua Figura e da sua Obra (pref. de Jacques Maritain, Porto, Livraria Tavares Martins, 1938).

 

·Panorama do Nacionalismo Português

1938

 

·História de Portugal

1940

 

·Rumo da Juventude

Lisboa, Editorial Acção, 1942

 

·A Europa e os seus fantasmas

Porto, Livraria Tavares Martins, 1945.

 

·A Revolução Tomista

1952.

______________________________________________________ 

·A Ideia da Europa

Curso professado nos anos lectivos de 1965-1966 e 1966-1967. Lisboa, ISCSPU, 1967.

·Perspectivas da História

Lisboa, 1961

·História da Europa

5 vols., Lisboa, Verbo, 1961-1984

 




© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Última revisão em: 10-02-2009