Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004

Autenticidade Autenticidade é a qualidade daquele que autêntico, de autos, eu mesmo.  Traduz a aspiração do homem em ser ele mesmo, sem sofisticação e sem hipocrisia. Tese assumida por Heidegger e, depois, desenvolvida pelos existencialistas, segundo a qual cada indivíduo deve poder criar-se a ele mesmo, através das suas próprias decisões, pela apropriação da autoconsciência. O mesmo que defesa da identidade. Para o mesmo Heidegger, a autenticidade é uma reflexão deliberada sobre os fins e os valores da vida, a única forma de podermos responder à angústia, permitindo que não haja auto-decepção. Os existencialistas vão assim falar na existência autêntca, expressão com que pretendem abarcar uma forma de vida que, no plano secular, equivale à ideia cristã de salvação.

 

 




© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Última revisão em: 10-02-2009