Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004

Centro e periferia

Teoria do organicismo cibernético, defendida por Easton e Shils.  Em qualquer sistema social há um centro dominante, cercado por uma periferia dominada ou subalterna. Para Shils, o centro é um fenómeno que pertence à esfera dos valores e das crenças. É o centro da ordem de símbolos, de valores e crenças que governam a sociedade. Este sistema central de valores gira em torno de um centro ainda mais fundamental que a aceitação e incorporação na autoridade.

 

}Ionescu, Ghita, Madariaga, I., Centripetal Politics. Government and the New Centers of Power, Londres, Hart-Davis, MacGibbon & Co., 1975. } Centro e Periferia [ed. orig. 1974], trad. port., Lisboa, Edições Difel, 1992.

 

 




© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Última revisão em: