Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004


Comando e obediência

Para Hobbes, o comando da lei vem do poder racionalmente elaborado da pessoa da República, pelo que o comando e a obediência apenas são os meios racionais para a realização dos fins em vista dos quais a república foi instituída. Assim, refere que as leis civis são as leis que os homens têm de observar enquanto membros, não desta ou daquela república em particular, mas duma República

Kant

A relação política, conforme Kant,  é acima de tudo a relação daquele que comanda (imperans) com aquele que obedece (subditus). O primeiro tende para a ordem, o segundo para a liberdade. O primeiro pode gerar uma ordem sem liberdade (o despotismo). O segundo, a liberdade sem ordem (a anarquia). A superação da tensão está na cidadania como autonomia, com submissão à autoridade que cada um dá a si mesmo. Uma unidade que apenas se consegue através do direito.

 




© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Última revisão em: