Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004

Corção, Gustavo (1896-1978)
 

Engenheiro, especialista em telecomunicações. Tradicionalista brasileiro, ligado à revista Permanência, surgida em 1968. Vem da esquerda moderada, milita no grupo democrata cristão de Alceu Amoroso Lima, mas entra em dissidência. Mantem certas sementes combativas de Jackson de Figueiredo. Influenciado por Chesterton. Critica o mal do capitalismo porque impede que os homens sejam pobres, obrigando-os a serem miseráveis, considerando que um povo só pode ser feliz quando pode ser pobre, alegremente pobre, tranquilamente pobre. Ou melhor, um povo só pode ser feliz quando pode libertar-se dentro da pobreza. Autor de As Fronteiras da Técnica, Rio de Janeiro, Agir, 1952; O Desconcerto do Mundo, Rio de Janeiro, Agir, 1965; Dois Amores. Duas Cidades, 1967, e de O Desencanto do Mundo. O Século do Nada, 1974.

© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência: Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info). Última revisão em: 14-12-2003