Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004

Cunha, Euclides (1866-1909)
 

Pensador brasileiro. Começando a vida na carreira das armas, depressa a abandona pela carreira jornalística em São Paulo, onde assume o pseudónimo de Proudhon e a militância republicana. Em 1899 regressa ao Rio de Janeiro, a terra natal, para concluir o curso de engenharia e logo volta ao Exército com a implantação da República, concluindo o curso da Escola Superior de Guerra em 1891. Celebriza-se com a publicação de Os Sertões, em 1902. Em 1909 vence Farias Brito no concurso para a cátedra de Lógica do Colégio D. Pedro II, mas obtem o lugar. Contudo, no mês seguinte, morre assassinado. Positivista, segue Comte e Spencer, não deixando de ser permeável a algumas ideias de Marx. Ver Obra Completa, Rio de Janeiro, José Aguilar, edição de Afrânio Coutinho, 1966.

© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência: Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info). Última revisão em: 14-12-2003