Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004

Kaufmann, Arthur

Considera que o direito não é apenas um agregado de normas nem um esquema abstracto regulativo, mas antes a resolução de um caso concreto, a solução justa de um caso concreto, onde se nota a presença da essência do Direito. A lei é vista, não como a realidade do direito, mas apenas como a possibilidade dele, dado que a juridicidade  implica a sucessão princípios, lei positiva, direito, havendo sempre um entrelaçamento de estrurura entre ser e dever-ser, entre essência e existência, entre potencialidade e actualidade.

Sentido Actual de la Filosofia del Derecho

Trad. cast. de Andrés Ollero, in Annales de la Catedra Francisco Suárez, Granada, nº 12, 1972

·Analogie und “Natur der Sache

1965

·Beitrãge zur juristischen Hermeneutik

1984

 




© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Última revisão em: 12-02-2009