Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004


Sociedade de Consumo

Característica das chamadas sociedades industriais avançadas ou das sociedades ditas desenvolvidas, querendo significar uma sociedade organizada mais em torno do consumo do que da produção de bens e serviços. Este modelo contrasta, assim, com a perspectiva producionista das sociedades ocidentais do século XIX e com os adoptados pelo terceiro mundo na segunda metade do século XX.  A sociedade de consumo (consumer society) revela a predominância de valores materialistas e hedonistas, onde a solidariedade e a fraternidade deixam de ser marcantes. A passagem da sociedade producionista para a sociedade de consumo, caracterizada pelo surgimento de um mercado de massa de produtos de luxo e supérfluos, é acompanhada pela mudança dos valores e das crenças, de uma mudança cultural. Mesmo nos modelos capitalistas, tal alteração significou a quebra da ética protestante do trabalho.


 




© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Última revisão em: