Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004


Tempo

O conceito cristão de tempo é orientado num sentido progressivo: da criação à queda; da queda à redenção; da redenção do fim dos tempos. Trata-se de uma perspectiva bem diversa do conceito grego de tempo, entendido como uma ordem regular e imutável, onde impera a ideia de eterno retorno.

 

Lessa, Almerindo, No Tempo do Meu Espaço, no Espaço do Meu Tempo, Lisboa, Academia Internacional da Cultura Portuguesa, 1995.

Guénon, René, Le Règne de la Quantité et les Signes des Temps, Paris, Éditions Gallimard, 1945 [trad. port. O Reino da Quantidade e os Sinais dos Tempos, Lisboa, Publicações Dom Quixote, 1989].

 

 




© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Última revisão em: 14-01-2004